Os Corpos Sutis

Para fazermos uma análise mais completa das potencialidades de cura das essências vibracionais, precisamos perceber o sistema de energia não física ‘a aura’. São muitas correntes de pensamento que explicam a anatomia sutil.

A aura humana consiste em várias camadas de campos de energia que se interpenetram chamados corpos sutis, que circundam umas às outras e ao corpo físico, formando estes círculos concêntricos.

Os desequilíbrios e as doenças crônicas no físico estão ligados aos problemas que iniciaram em um dos corpos sutis, e /ou em um dos chakras.

Corpo Etérico

É o mais próximo do corpo físico. Envolve-o como uma segunda pele e é a interconexão entre ele mesmo e o restante de todo o sistema de energia sutil que circula em nós e no universo. Tem uma relação ativa com os chakras.

“É importante o corpo etérico estar limpo, pois quando existem bloqueios o fluxo energético não acontece, deixando de existir troca entre o corpo físico e o campo de energia universal. Provocando assim um acúmulo de toxinas no corpo físico e etérico; causando carência na vitalidade física”. (S.Johnson)

Corpo Emocional e Astral

Este corpo sutil também chamado de corpo astral, esta entre os corpos mental e físico e é a sede das experiências emocionais.

Pode-se descrever o corpo emocional como sendo constituído também de substância sutil, porém com uma freqüência vibratória maior que a existente no corpo etérico.

Para entendermos melhor, o Corpo Astral - abrange nossa personalidade, e quando em equilíbrio, podemos desfrutar de uma compreensão intuitiva dos fatos e do fluxo da vida. Já o Corpo Emocional - é o lugar onde se encontram todas as emoções, e que se estiver equilibrado irá nos proporcionar uma gostosa sensação de segurança. (Kuchler & Delboni)

Desenvolvimento Guver Publicidade / Marcelo A.Ventura